Forro de Gesso Preço M2

SAIBA O PREÇO  DO DRYWALL, GESSO ACARTONADO M2

O preço do m2 do drywall ou gesso acartonado pode variar bastante, dependendo da região que você se encontre, caso sua regiao fique muito distante das distribuidoras de material, o preço pode ficar lá em cima.

Nesta breve pesquisa que a  Bothers Drywall fez, percebemos que o preço do metro quadrado do gesso acartonado gira em torno de:

Preço do m² do Drywall:

 

A média de Preço do metro quadrado do forro de drywall estruturado gira em R$55,00 o metro.

Já a parede de drywall, o Preço do m²  custa em média R$75,00 o metro.

Pensando em fazer um forro ou divisória? Solicite um orçamento, teremos o prazer em atendê-lo 

Mas como foi dito anteriormente, esse preço vai  variar de acordo com a região, o profissional e também a marca dos materiais que o profissional utiliza em seu trabalho.

Outro fator que traz bastante variação ao preço do metro quadrado da parede de drywall é a espessura dos perfis que serão utilizados na estrutura da parede. Os Perfis mais largos tornam a divisória de gesso um pouco mais cara.

img-20161020-wa0020

Qual é mais caro? O Forro de Drywall ou o forro de gesso comum?

O Forro de Drywall ou Forro Acartonado, é mais caro qie o forro de gesso comum, a média do preço do forro de gesso comum com plaquinhas fica em R$35,00 o metro quadrado. Outra vez volto a frusar que esse preço também varia bastante dependendo da região em que você se encontra.

O preço do m2 do drywall teve uma queda significante nos ultimos anos, e isso se deu pela grande concorrência e demanda de materiais terem aumentado de forma significativa.

E essa queda de preço tem o lado bom e o lado ruim, por um lado é bom para quem está buscando uma forma de construir que não tenha tanto gasto, pois o cliente tem diversas opções de mão de obra e preço, por outro lado muitas pessoas entraram nesse ramo sem nem mesmo receber um curso ou treinamento adequado, e isso prejudica os bons profissionais pois terão que competir com esses “profissionais” que jogam o preço lá embaixo.

E como sabemos que infelizmente alguns clientes sempre procuram o preço mais baixo e não olham as referencias e qualidade do profissional, acabam comprando gato por lebre.

Pensando em fazer um forro ou divisória? Solicite um orçamento, teremos o prazer em atendê-lo 

Forro de Gesso vantagens e desvantagens

Não é de hoje que as construções com gesso se tornaram bastante populares no Brasil.

Vemos nas maiorias das obras, a execução de forros de gesso, paredes de drywall, etc… e isso se dá pelas inumeras vantagens que o gesso pode trazer na hora de construir, como por exemplo, execução de uma parede de drywall é muito mais rápida e “limpa” do que a construção convencional feita de alvenaria, pois toda a montagem é feita através de acoplamentos  mecânicos, sem necessidade de utilização de cimento e água (o que chamamos de “construção à seco”); sem contar que a perda de material é bem menor, se comparada a uma obra convencional.

E a consequência de tudo isso é que temos um canteiro de obra muito mais limpo e organizado, e diminuindo tambem os prazos de entrega da obra.

Forro de Gesso é divisórias vantagens e desvantagens

solicitdivisoria em drywall

As paredes de gesso acartonado ou drywall, são muito mais leves que as paredes de alvenaria, e a vantagem se serem leves é que diminuem os pesos dos edifícios, ou casa, gerando assim uma economia na estrutura e nas fundações das mesmas;

•Outro ponto positivo nas construções com gesse Acartonado é que as espessuras das paredes tambem são menores, trazendo assim um aproveitamento maior dos espaços no interior dos ambientes;

•Os acabamentos são  mais baratos e mais fáceis, e isso se pelo fato da superfície das placas serem lisas e planas, não precisando haver de regularizações nas paredes como o emboço na alvenaria por exemplo;

•Um outro ponto importante é que não é necessário fazer cortes e quebras mas paredes para embutimento de instalações, já que todas as tubulações são instaladas dentro das paredes, juntamente com a montagem das placas;

•Uma coisa que muitos imaginam antes de iniciar o projeto com o gesso, seja uma divisoria ou forro é qie o preço é alto.

Mas na verdade um forro ou parede de gesso pode ser muito mais barato doa que o servico de alvenaria convencional, isso porque custo final, principalmente em cidades onde há muitas empresas e mão de obra especializada, já é bastante competitivo em relação às paredes de alvenaria, e isso é ótimo para o cliente, porque ele tem opção é pode pesquisar o mercado, encontrado o melhor custo benefício para o seu projeto

Forros e Paredes em Drywall uma ótima alternativa

Claro que existem muito mais vantagens em se utilizar o gesso em uma construção, mas todas as vantagens e características qie apresentei aqui mostram um outra maneira de construir, não tradicional.

Na construção tradicional, feita com alvenaria e concreto, todo o serviço é desenvolvido através de profissionais  tradicionais, como o pedreiro, o carpinteiro, dentre outros. As paredes de gesso acartonado, por outro lado, são feitas com placas qie ja vem prontas, necessitando somente de um profissional diferente, que chamamos de montador.

Se você procura profissionais qualificados na instalação de forros e Divisórias em Drywall, solicite um orçamento sem compromisso agora.

GESSO SP

Forro de gesso em SP

Forro de Gesso em SP

Gesseiro em SP e  Gesso Forros Molduras, Sancas e Divisórias Drywall SP

Ligue agora e peça Orçamento.

Nosso Gesseiros são todos profissionais competentes, prontos para executar suas obra

SP – Gesseiro São Paulo –  Gesseiro em Sp

Cansado de ver a sua casa com um acabamento meia boca? Que tal deixar sua casa com um lindo acabamento que está sempre na moda?

Faça o acabamento com gesso ou Drywall.

O gesso é uma das melhores maneiras de decorar a sua residência. Mas, todos nós sabemos que hoje em dia esta muito difícil encontrar um  gesseiro profissional e que tenha qualidade no serviço.

Existe hoje uma carência gigante de encontrar gesseiros competentes e qualificados  no mercado.

É aqui que nós da Brothers Drywall entramos, temos gesseiros qualificados e prontos atender em toda a região de São Paulo. Utilizamos todas as normas técnicas, para que o serviço de gesso e decoração saia o mais profissional possível.

Um gesseiro profissional e capacitado é tudo o que você necessita para ter um ambiente bonito, moderno e  aconchegante.

Vantagens de usar Gesso em Reformas e Decorações

É muito vantajoso utilizar gesso em reparos e reformas residenciais, que além de econômico, o gesso da uma outra visão estética e valoriza muito o ambiente. Para se ter uma ideia, o Drywall é a principal forma de se construir nos EUA, CANADÁ EUROPA há algumas Décadas.

Então pensando em reformar sua casa, fazer a decoração com Gesso ou divisórias me Drywall?

Solicite um orçamento agora mesmo, teremos o prazer em atendê-lo

Gesseiro: Região de atendimento São Paulo e Grande São Paulo

Obra finalizada – reforma estudio Apecon

Acabamos de finalizar mais uma obra, desta vez reformamos as salas e estúdio de TV da APECOM/ IGREJA PRESBITERIANA DO BRASIL.

Serviços executados:

Forro Acartonado + forro modular;

Reforma de estudio de TV e radio;

Pintura

img-20161020-wa0020

img-20161020-wa0019

img-20161020-wa0016

img-20161020-wa0011

Parede em Drywall a partir de R$ 69,90

Parede em Drywall a partir de R$ 69,90 – consulte condições

Entenda como funciona esse sistema de construção

divisoria em drywall

 

São inúmeros os atributos desta tecnologia de construção, que não usa água na obra. Dentro de casa, praticamente tudo pode ser criado com drywall

Quer dividir um ambiente sem perder espaço? Precisa de uma solução para isolar o barulho dos vizinhos, embutir a iluminação no teto sem grandes reformas ou montar uma estante para a TV? Esses configuram apenas alguns exemplos da versatilidade do drywall. Maleável, ele embasa trabalhos arrojados, com recortes, curvas e desníveis. O melhor: seus componentes são recicláveis, e a matéria-prima do gesso (gipsita) não gera descartes tóxicos. Trata-se de uma tecnologia limpa, que apresenta somente 5% de resíduos na obra, contra até 30% dos métodos tradicionais. Além disso, custa menos para transportar, pois é mais leve. Em relação à segurança, possui embasamento na norma técnica NBR 15.758, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), e suas composições se encaixam em todos os níveis da norma chamada Desempenho de Edificações, a NBR 15.575. Ambas asseguram a maneira correta de uso e instalação.

Afinal o que é drywall?

O termo define tanto as chapas com miolo de gesso e face de papel-cartão quanto o sistema, composto dessas placas fixadas em estruturas de aço. Seu trunfo está na possibilidade de criar centenas de formas, com emprego de painéis simples ou duplos, de variadas espessuras. Enchimentos de lã mineral incrementam os isolamentos acústico e térmico. Um profissional indicará a melhor saída para cada caso.

1. O que significa cada cor de drywall?

Há três tipos de chapa, que se diferenciam pelo tom da cobertura de papel-cartão. A face branca deve voltar-se sempre para o lado do acabamento:

Verde (RU): com silicone e aditivos fungicidas misturados ao gesso, permite a aplicação em áreas úmidas (banheiro, cozinha e lavanderia).

Rosa (RF): resiste mais ao fogo por causa da presença de fibra de vidro na fórmula. Por isso, vai bem ao redor de lareiras e na bancada do cooktop.

Branco (ST): é a variedade mais básica (Standard), amplamente empregada em forros e paredes de ambientes secos.

2. O que existe no interior de uma parede de drywall?

Saiba o que existe no interior de uma parede retilínea composta de chapas duplas.

3. Quais os tipos de instalação?

Fixação do forro: os painéis específicos para o teto são parafusados na estrutura de aço, e o forro fica suspenso por tirantes sob a laje (ou presos no telhado). Isso ajuda a absorver os movimentos naturais da construção, o que evita trincas.

Painéis prontos: lançamento recente, já vem com revestimento (cartão melamínico ou de PVC em vários padrões ou cores), que dispensa a etapa de acabamento.

Parede sobre parede: essa técnica nivela superfícies originalmente tortas e aumenta o conforto termoacústico do ambiente. Perfis são instalados sobre apoios fixos na alvenaria com massa de colagem, espaçados a cada 12 cm. A espessura mínima é de 3,5 cm.

4. Como é instalado o drywall?

Em apenas um dia de trabalho, dois especialistas dão conta de erguer cerca de 20 m².

Estrutura de base: primeiro, colocam-se guias metálicas no piso e no teto. Elas sustentarão os montantes verticais de aço galvanizado (distantes até 60 cm uns dos outros). As chapas são parafusadas nesses perfis.

– Cobertura das divisões: a seguir, faz-se o tratamento das juntas – região mais suscetível a fissuras. Por isso, aplicam-se nesses pontos massa e fitas específcas, duas vezes. O objetivo é deixar a superfície totalmente plana.

– Finalização caprichada: como a massa talvez retraia com a secagem, espera-se um dia antes de partir para o acabamento, que pode ser pintura, cerâmica, madeira… Se a junta estiver funda, melhor repetir a dose. Caso contrário, basta lixar.

5. O que são acessórios de fixação?

São peças desenhadas especialmente para esse método. A rede distribuidora informa qual modelo usarem cada caso.

6. Qual é o limite de peso que o drywall aguenta?

Qualquer objeto de até 10 kg pode se prender diretamente na chapa de drywall. Até 18 kg, a instalação ocorre nos perfis. Acima disso, deve-se adicionar um reforço ou distribuir a carga. Atenção para peças com mais de 30 kg: o drywall consegue suportar bancadas de pedra ou grandes TVs com a distribuição da carga em reforços, como mostra o desenho acima. Eles podem ser de madeira seca e tratada em autoclave (com 22 mm de espessura) ou de chapa de aço galvanizado (com 0,95 mm de espessura). Sua colocação se dá entre os montantes metálicos, cujo espaçamento é elaborado de acordo com o projeto.

7. Que tipos de buchas, ganchos e parafusos usar?

Existem tipos específicos de buchas, ganchos e parafusos, segundo o peso da peça.

– 10 kg: bucha de expansão, fixada na placa.

– 18 kg: modelo basculante, instalado nos perfis.

– 30 kg: exige reforço na parede.

8. Como são feitos os reparos?

Ainda que a tarefa pareça simples, os fabricantes recomendam contratar um profissional especializado.

Trincas e fissuras: comece limpando a área a ser recuperada e aplique massa específica para juntas. Em seguida, coloque a fita de papel microperfurado, pressionando com uma espátula. Passe outra camada de massa e espere secar. Com a superfície lisa e uniforme, já é possível lixar e pintar.

Buracos pequenos: limpe o local e preencha o furo com massa adesiva MAP utilizando uma espátula pequena. Deixe secar. Se necessário, repita o processo até o defeito ficar imperceptível. Depois de seca a superfície, sinal verde para lixar e pintar.

Buracos grandes: normalmente, surgem quando se retira uma parte da placa para acessar as tubulações. Por dentro da área exposta, parafuse pedaços de perfis metálicos. O trecho novo deve ser fixado neles. Aplique massa para tratamento de juntas na superfície, além de fita de papel com a espátula e mais massa. Lixe e pinte.

9. Como instalar drywall em áreas úmidas?

Banheiro, cozinha e lavanderia podem, sim, receber o material, desde que adotados os painéis verdes, principalmente nas paredes da tubulação e do chuveiro. O boxe, o piso e a faixa de 15 cm junto ao chão demandam impermeabilização com manta asfáltica ou polimérica. Isso serve para qualquer método construtivo. Caso ocorram vazamentos, a troca dos canos atingidos é uma tarefa rápida e com pouca sujeira, ao contrário do que ocorre em paredes de alvenaria. Na área afetada, abre-se um recorte na chapa com um serrote. Depois do conserto, coloca-se uma nova placa e se tratam as juntas. Por fim, secagem e acabamento.

O efeito decorativo da parede atrás do vaso sanitário foi obtido com drywall de chapas verdes. “Os registros ficaram ocultos nos nichos, que ganharam iluminação com fita de led”, conta a arquiteta Cristina Lembi, autora da reforma em São Paulo.

Proteção extra

Apesar de mais resistentes à água, as placas verdes devem ser cobertas de revestimentos (cerâmica, pastilha, porcelanato), instalados com argamassa colante flexível e rejunte (a ser refeito sempre que apresentar irregularidades). Não é preciso instalar chapa verde no forro, já que a Standard (branca) se mostra sufciente. Em locais sujeitos ao vapor (boxe de banheiros),ela pede tinta antimofo.

10. Como ganhar conforto térmico e acústico com drywall?

Por si só, o sistema oferece proteção contra barulho e calor, já que forma um colchão de ar. Se necessário, é possível incrementar seu desempenho com enchimento de lã mineral.

Barreira reforçada: a lã mineral, de rocha ou de vidro, é indicada para a melhoria da acústica. O material, recortado na extensão entre os dois montantes, preenche todo o vão entre a parte de trás e o fechamento.

– 44 dB é a capacidade de isolamento acústico de uma parede de drywall de 95 mm (com chapas de12,5 mm e vão de 70 mm recheado de lã mineral).

– Um conjunto de forros especiais bloqueia até 72 dB (equivalente ao ruído de um aspirador de pó)

11. Drywall X Alvenaria: qual abafa melhor o som?

Compare as diferentes configurações e a eficiência de cada método:

Fonte: http://casa.abril.com.br/materia/drywall-entenda-como-funciona-esse-sistema-de-construcao   10/11/2015 as 10:22hs am.

 

Parede em Drywall a partir de R$ 69,90 – consulte condições

Divisórias de Gesso Drywall

A Brothers DRYWALL executa sistemas completos de construção a seco de divisórias, paredes e forros, incluindo perfis de aço, acessórios para a fixação de todo o sistema, massas próprias para tratamento das juntas, lã de rocha ou vidro para isolamento acústico e as placas de gesso acartonado (Drywall) próprias para cada tipo de aplicação.

divisoria em drywallCom a modernização em todo o setor da construção civil no brasil, inclusive através da implantação do uso de construção a seco fez com que a grande maioria dos consumidores respondessem de forma positiva a esse método, que conquistou de imediato o mercado comercial e corporativo e hoje é  utilizado em 99% dos edifícios e instalações comerciais e residenciais, além de hotéis, shopping centers, cinemas, edifícios e clínicas.

As divisórias em drywall podem ser instaladas tanto em obras novas, quanto em reformas. E ainda podem ser aplicadas na subdivisão de espaços existentes, gerando novos ambientes, sem que haja a  necessidade de instalações complicadas e demoradas, como alvenaria por exemplo.

 

Você só tem a ganhar com a Construção a Seco:

– Alto isolamento acústico

– Elevada resistência ao fogo

– Pequena geração de entulho

– Excelente isolamento térmico

– Ótima estabilidade dimensional

– Baixo peso/Construções mais leves

– Menor espessura da parede/Maior área útil

– Ausência de umidade durante a construção

– Execução simplificada de instalações hidráulicas, elétrica, etc.

– Rápida e fácil instalação e manutenção, permitindo aumento de produtividade

– Excelente acabamento, pronto para receber revestimentos como pintura, papel de parede, azulejo, entre outros

.

Solicite um orçamento sem compromisso aqui: